Pular para o conteúdo principal

Há uma variedade enorme de palestras interessantes sobre plantas na plataforma TEDTalks, e hoje trazemos 3 indicações que prometem abrir sua cabeça. 

As palestras do TED talks são vídeos gravados em diversos países. Cada vídeo tem cerca de 20 minutos, e o palestrante apresenta novas maneiras de pensar e agir que inspiram pessoas, contando experiências de sua vida pessoal e análises feitas por eles em temas bem variados, sempre fazendo jus ao significado da sigla TED (Tecnologia, Entretenimento e Design).

Conheça 3 palestras incríveis sobre o universo botânico e mergulhe de cabeça nos ensinamentos das plantas. Veja a seguir:

  • 6 maneiras pelas quais os cogumelos podem salvar o mundo

Assista aqui: https://www.ted.com/talks/paul_stamets_6_ways_mushrooms_can_save_the_world

O micologista Paul Stamets lista 6 maneiras pelas quais o fungo micélio pode ajudar a salvar o universo: limpando solos poluídos, fazendo inseticidas, tratando varíola e até vírus da gripe.

 

  • Visão de uma planta

Assista aqui:
https://www.ted.com/talks/michael_pollan_a_plant_s_eye_view

E se a consciência humana não for o ápice da inteligência, como sugere o darwinismo? E se todos nós formos apenas peões no inteligente jogo de estratégia das plantas e vegetais para governar a Terra? O autor Michael Pollan nos sugere um novo olhar para ver o mundo do ponto de vista de uma planta.

  • Os seres vivos mais antigos do mundo

Assista aqui:
https://www.ted.com/talks/rachel_sussman_the_world_s_oldest_living_things

A palestrante Rachel Sussman nos mostra nesse TED fotografias dos organismos vivos continuamente mais antigos do mundo – desde o coral-cérebro de 2.000 anos na costa de Tobago até uma “floresta subterrânea” na África do Sul que vive desde antes do surgimento da agricultura.
E se você mergulhou nesses conteúdos com a gente, conta nos comentários o que achou, vai ser massa trocar ideia sobre temas tão legais!

Aproveite todo o site em até 10 vezes sem juros e frete grátis em compras acima de R$ 249,00

Deixe uma Resposta