Pular para o conteúdo principal

Seja para aquecer o corpo, acalmar a mente ou reforçar a imunidade, vale a pena incluir o delicioso hábito das infusões no seu dia a dia – melhor ainda se as ervas vierem direto da sua horta!

Os chás e seus benefícios estão com tudo! De acordo com uma pesquisa de tendências global realizada pela rede social Pinterest, o consumo da bebida milenar vai se transformar em estilo de vida. Afinal de contas, sua função terapêutica, sua origem natural e sua experiência multissensorial têm tudo a ver com o movimento de reconexão com a natureza que parte da população urbana tem praticado.

8 HsTurgpjMOHVeaSkiISe7GTw3mCuFCK bSBc ZHWA9RotL1U9F8KdpmguBMZ3g np131tRMhUTjg FuiOdRzo cUEh8DBejlCE4vO3ipYEPKvJHh8wQrn3QiW3BZcKBNTOVOQ

História do chá: uma tradição oriental

Preparada por meio da infusão de raízes, folhas, flores ou até cascas de frutas e vegetais, a bebida é originária da China. De acordo com a lenda, o hábito teve início com o Imperador Shen Nung, em 2737 a.C, que, ao ferver água para consumo próprio, percebeu que o líquido ganhou sabor quando folhas de uma árvore próxima caíram dentro de sua panela.

Já no Japão, a bebida foi introduzida no século 8. O país é conhecido pela famosa cerimônia do chá, que se caracteriza por servir e beber o matcha – chá verde em pó. Também no Oriente, outro país que se destaca no universo dos chás é a Índia, responsável por produzir os melhores chás pretos do mundo.

No Ocidente, o tão falado chá da tarde é um costume inglês que surgiu no século 19, com a implantação da iluminação a gás nos lares mais ricos. Por conta da luz, as famílias passaram a jantar mais tarde e o chá passou a ser adotado como um momento de pausa entre as duas principais refeições – sempre com um toque de leite ou limão.

No Brasil, um dos tipos mais consumidos da bebida é a erva-mate, que ficou como herança de determinados povos indígenas. 

Chá das cinco é o novo happy hour

Assim como já acontece em diversos países, a hora do chá tem ganhado traços de um delicioso ritual por aqui. Reunir os amigos para degustar diferentes infusões, combinando com comidinhas cheias de afeto é uma ótima maneira de retomar os esperados encontros pós-pandemia.

Esse momento de pausa e reconexão tem ainda mais significado para quem curte colocar a mão na terra e produzir o seu próprio alimento. Escolher e colher a erva do dia, direto de uma horta particular, garante uma bebida ainda mais potente em sabor, aroma e benefícios.

Uma dica para quem quer começar ou ampliar sua produção caseira é investir no Trio Bem-estar da Yes We Grow, uma seleção de plantas livres de agrotóxicos que já vem com tudo o que você precisa para plantar, inclusive um vaso biodegradável que se desfaz após o transplante!

Aos amantes de chás, nossa indicação é o trio composto por melissa, hortelã e poejo. A seguir, conheça os principais benefícios de cada uma dessas ervas:

Melissa

A ingestão da infusão das folhas dessa planta traz uma série de vantagens para a saúde. Seu efeito calmante ajuda a melhorar a qualidade do sono, além de contribuir para a redução do estresse e da tensão. A bebida também auxilia no alívio da enxaqueca, cólicas e gases.

Hortelã

Fácil de cultivar, a espécie é a escolha certa para quem está começando uma hortinha. É ótima para combater mal-estares digestivos, reduzindo as dores abdominais, cólicas estomacais e eliminando os gases acumulados.

Poejo

Além de ser um ótimo digestivo, o chá dessa plantinha é super eficiente no combate aos sintomas da gripe e do resfriado, aliviando a tosse e a febre.

Como colher suas ervas?

Prefira retirar as folhas mais antigas, mas evite cortar o topo das hastes dos vegetais.

E aí, qual chá tem deixado os seus dias mais leves e gostosos?

Aproveite todo o site em até 10 vezes sem juros e frete grátis em compras acima de R$ 249,00

Deixe uma Resposta