Pular para o conteúdo principal

A calda bordalesa é um tipo de fungicida natural usado há muitos anos na agricultura. O composto foi uma descoberta acidental do botânico Pierre Marie Alexis Millarde, no século XIX em Bourdeaux, na França.

Seu uso começou para curar plantas que estavam doentes devido a fungos e insetos. E mesmo com o passar dos anos, ele não deixou de ser usado pelos agricultores, e até se tornou bem aceito pela agricultura orgânica.

Então, agora a gente te ajuda a entender um pouco melhor como ele funciona e tudo que pode fazer para te ajudar com o cultivo!


Para que serve a calda bordalesa?
Como já dissemos, a calda bordalesa surgiu por volta de 1882, como uma forma eficaz para controlar os míldios em videiras. Hoje em dia esse líquido é muito utilizado em hortas e pomares orgânicos, devido à sua eficiência e por não ser muito tóxico.

A calda bordalesa é um fungicida que serve para controlar várias doenças que atingem as plantações, principalmente as causadas por fungos, como o míldio, ferrugem, requeima, pinta preta, cercosporiose, etc. Ela também ajuda como repelente de insetos, como: cigarra verde, cochonilhas e pulgões.

Mas afinal…O que é calda bordalesa?
É um produto químico muito utilizado como fungicida na agricultura para combater pragas. Esse líquido ácido é o resultado da mistura de sulfato de cobre, cal virgem e a água, e pode ser feito em casa ou comprado pronto.

O líquido gerado por essa mistura é um dos produtos permitidos na agricultura orgânica, já que é pouco tóxico e não contamina os alimentos, não prejudica a saúde humana e nem o meio ambiente.

Qual o ponto da calda deve ser considerado ideal para aplicação?
Ela deve ser aplicada quando o pH do composto estiver entre 8 a 9. Lembrando que o pH serve para nos mostrar se a solução está ácida, neutra ou básica. Ele possui uma escala que vai do 0 até o 14 e se o valor do pH for igual a 7, significa que é uma substância neutra; se o pH for menor que 7, será ácida; e caso seja maior que 7, será básica. Assim a calda bordalesa é uma substância básica, e seu pH pode variar entre 7,5 a 9.
Se a quantidade de cal usada na mistura não for a ideal, o sulfato de cobre não será saturado o suficiente devido à baixa quantidade de óxido de cálcio e assim a calda estará muito ácida e pode queimar as folhas das plantas quando aplicada.
É muito importante ficar atento às medidas indicadas na receita, quando feita em casa.
Para saber se a calda está com o pH correto, faça o teste antes de utilizá-la. Para isso, pegue uma faca ou algo de ferro e pingue uma gota do líquido, aguarde três minutos e então verifique se a superfície metálica ficou com uma mancha marrom. Se sim, é sinal que a calda está muito ácida e precisa ser ajustada ou refeita.


Agricultura urbana e Calda Bordalesa
A agricultura orgânica, mesmo sendo bastante popular hoje em dia, é praticada há muito tempo. O termo surgiu na década de 1920, quando já se defendia a não utilização de agrotóxicos na agricultura.
E como sabemos, a principal razão desse tipo de cultivo é para obtermos alimentos e produtos saudáveis, sem grandes quantidades de resíduos tóxicos. Então, tendo isso como referência, a calda bordalesa é bastante utilizada nos cultivos orgânicos, por ser pouco tóxica e ainda assim ajudar com as pragas.
Por se tratar de um composto químico, é preciso tomar cuidado com seu uso. Primeiramente, nunca devemos comer qualquer alimento que foi pulverizado com a calda sem antes lavá-lo. Outro cuidado importante, é de que no momento da aplicação do líquido nas plantas, é necessário sempre usar luvas, óculos e máscara. Assim o produto não entra em contato com a pele e mucosas.
Se tiver animais no mesmo ambiente ou próximos de onde a calda foi manuseada e/ou utilizada, lembre-se de sempre manter o local ao redor da plantação limpo e sem resíduos do composto e, claro, deixar a mistura longe do alcance deles. Além disso, é importante lembrar que o cobre presente na calda é tóxico para peixes.
Agora que você já é quase um especialista nesse tema, vamos te ensinar a receita da calda bordalesa para que você finalmente possa colocar em prática o que aprendeu:
Ingredientes e materiais
Para o preparo de 10 litros da calda, é necessário ter:

  • 100 gramas de sulfato de cobre;
  • 100 gramas de cal virgem;
  • 10 litros de água.
    Lembrando que a quantidade de cal e de sulfato de cobre é sempre igual, o que muda é a quantidade de água para o resultado final esperado.
    Você precisará também de alguns materiais adicionais, como:
  • Óculos de proteção;
  • Luvas de látex;
  • Recipiente que suporte a quantidade de litros de que você irá manejar para fazer a mistura;
  • Balança para garantir que as medidas estejam corretas;
  • Uma pá ou colher de madeira para mexer o líquido;
  • Uma peneira fina;
  • Um coador de pano.

    Preparo
    Em um recipiente de plástico com capacidade para 10 litros de água (quantidade usada com referência nessa receita), dissolva os 100 gramas de sulfato de cobre – para que o processo seja facilitado – coloque o sulfato no dia anterior em um saquinho de pano suspenso próximo a 1 litro de água. Então, nos 9 litros de água restantes, dissolva o cal. Em seguida, adicione o sulfato de cobre do saquinho e mexa até que tudo esteja dissolvido. O resultado final será uma pasta na cor azul. Para finalizar, depois de ter checado o pH do produto – com a dica da faca que demos lá em cima – peneire o composto e tente deixá-lo o mais líquido possível, para evitar o entupimento do pulverizador.

    Cuidados e armazenamento da calda bordalesa.
    Depois de pronta, a calda pode ficar guardada por até três dias, então recomendamos que você faça uma quantidade adequada para uma única aplicação.
    Por ser um produto natural e que se feito com medidas alteradas, pode se tornar ácido, é preciso guardá-la em um local frio e arejado, do contrário pode ser que sua acidez se modifique com a alta temperatura e – ao aplicar o produto nas plantas – você pode acabar queimando suas folhas ou não ver o resultado esperado sobre as pragas.

    E aí, gostou? Tomara que esse conteúdo tenha sido útil e legal para você conhecer um pouco mais sobre a calda bordalesa. Compartilhe com a galera e sempre que der, volte aqui depois para dividir a experiência com a gente!

Acompanhe a Yes We Grow pelas redes sociais e aqui no Blog. ;)Exemplo de texto com extra espaços entre palavras .

Aproveite todo o site em até 10 vezes sem juros e frete grátis em compras acima de R$ 249,00

Deixe uma Resposta